SAFADINHASHOT.COM.BR

Beijo Grego

Nesta matéria vamos abordar um dos assuntos mais comentados e procurados nos buscadores, quando o assunto é sexo, existe muita curiosidade e até mesmo muita procura para se realizar o famoso Beijo Grego!!!!!!

Antes de falarmos de Beijo Grego, precisamos falar sobre o beijo, ele é a maneira aonde demonstra um carinho, um afeto, um começo de uma preliminar em relação ao sexo é algo que trás aquela intimidade e aquele tesão antes do sexo, mas não é só o beijo de língua que trás este tesão para as pessoas. Por isto vamos explicar como é o Beijo Grego.

O Beijo Grego é uma técnica de preliminar que consiste em lamber ou acariciar o Ânus da outra pessoa com a língua, algumas pessoas acabam tendo um tesão maior quando recebe uma lambina ou um acaricia no Ânus dando uma sensação maior de prazer. E isto não quer dizer que o parceiro possar ser menos heterossexual ou Homossexual, e sim que aquela região para ele trás uma sensação de prazer e tesão quando recebe esta técnica.

E como Realizar o Beijo Grego: Durante o sexo é importante ir com calma para que saiba se o parceiro tem este interesse e não trazer um desconforto para ele, então vá beijando sua boca, sua nuca, acariciando suas partes íntimos e continue beijando seus glúteos, quando chegar na região do Ânus verá qual é a reação dele, se o parceiro ou a parceira não reagir com repulsa, continue dê umas lambidas no Ânus e depois vá beijando, vale até um passar de dedos, neste momento toda excitação e todo prazer é ótimo, uma dica utilize alguns óleos ou gel para contribuir com o momento e com o local.

Masturbação

Quem está fazendo o beijo grego também pode acariciar a genitália do parceiro(a) com as mãos e até masturbá-lo(a).

“Se for o homem que estiver recebendo o beijo grego, é possível fazer carinho na região do saco escrotal ou masturbar o parceiro. Caso seja a mulher que esteja recebendo é possível acariciar sua vagina e introduzir o dedo”, também é possível fazer o caminho contrário. Pode-se começar fazer sexo oral no pênis ou na vagina e em seguida ir deslizando para o ânus do parceiro(a) pouco a pouco.

Benefícios do beijo grego

Picos de tesão

De acordo Carla Ceccarelo, tanto a boca quanto o ânus são regiões que contam com muitos nervos e quando são estimuladas há uma vasodilatação nestas zonas, ocasionando picos de prazer durante o sexo. Portanto, a prática do beijo grego pode aumentar o tesão tanto para quem pratica quanto para quem recebe.

Como perder a vergonha e experimentar

Engana-se quem pensa que sexo é só prática. Teoria e diálogo também são importantes. E em relação ao beijo grego, diálogo é fundamental. Por isso, antes de o casal começar a praticá-lo, é necessário falar sobre o assunto.

Se você e a pessoa com quem você está pensando em fazer nunca falaram a respeito, é importante conversar sobre as expectativas de cada, o que cada um gosta e como se sentiria experimentando.

Sentir prazer no sexo não é errado, pelo contrário, é fundamental. E tentar alternativas para sentir mais tesão com o outro (a) é normal. Por isso, se você tem vontade de experimentar, não tenha receio de expor sua vontade de forma respeitosa.

No começo pode parecer um pouco diferente a sensação do beijo grego, mas sexo é prática e prática torna tudo mais fácil e mais gostoso.

Higienizar o local

Uma forma de evitar sustos na hora de fazer o beijo grego é lavar a região antes da relação sexual começar. No banho, afaste uma nádega da outra e deixe a água escorrer sobre o local. Aplique um pouco de sabonete neutro no ânus e esfregue com os dedos. Tome cuidado para não se machucar.

Posições para beijo grego

Quem estiver iniciando a prática do beijo grego pode optar por fazê-lo de bruços. Sendo assim, a pessoa que irá receber, pode deitar-se com a barriga para baixo, enquanto a pessoa que for fazer se posiciona atrás para acariciar a região.

Também é possível que a pessoa que for receber o beijo grego fique de pé com o corpo inclinado para frente, enquanto quem for fazer fica ajoelhado(a) no chão estimulando o(a) parceiro(a).

Quando não fazer

Se as precauções foram colocadas em prática, a técnica pode aumentar o prazer no sexo. No entanto, existem situações em que não é indicado fazer beijo grego:

  • Quando a pessoa que for receber ou fazer não quiser
  • Quando a pessoa que for receber estiver com algum problema gastrointestinal
  • Quando a pessoa que for receber estiver com gases
  • Quando a pessoa que for receber não tiver higienizado a região do ânus
  • Quando a pessoa que for fazer estiver com doenças infectocontagiosas pela saliva

Beijo grego e sexo anal

O beijo grego pode ser uma forma de lubrificar a região do ânus para a penetração (sexo anal). Vale ressaltar que essa dinâmica precisa ser combinada previamente entre o casal para que não haja sustos e constrangimentos.

De acordo com o proctologista Felipe Prieto, quem for fazer o sexo anal depois do beijo grego pode usar um lubrificante à base de água para evitar fissura anal traumática, que causa dor e sangramento.

Cuidados após o beijo grego

É comum ter dúvidas sobre o que fazer após o beijo grego. Diferentemente do que muitos pensam, não é indicado higienizar a região anal imediatamente, assim que a carícia termina. Isso porque devido à grande vascularização da região e pelo contato com a saliva não é indicado limpar o ânus logo após o ato.

Para quem faz o beijo grego é importante higienizar a boca com escovação, bochecho e uso de antissépticos.

Origem do beijo grego

A forma como a sexualidade se construiu ao longo da história provém em grande parte das civilizações antigas. O beijo grego é um exemplo.

Como o nome diz, ele nasceu na Grécia Antiga e era praticado apenas por homens, durante as orgias, como forma de estimular e lubrificar da região anal para a penetração.

Com o passar do tempo, homens e mulheres também começaram a praticá-lo. Logo, o beijo grego tornou-se uma prática universal e pode ser praticado tanto por casais heterossexuais quanto homossexuais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *